Programa

1. Formação médica contínua
a) Neurologistas: organização de cursos de formação direccionados para internos de especialidade, mas podendo participar neurologistas seniors, sobre grandes temas na área das cefaleias, com grande componente prática.
b) Outros médicos: organização de cursos e outros eventos, dirigidos principalmente aos colegas de Medicina Geral e Familiar, mas também de Medicina Interna e especialidades afins. Estas acções deverão igualmente ter uma importante componente prática, principalmente nas vertentes diagnóstica e terapêutica.

2. Actividade Científica
a) Manter o modelo de 2 reuniões anuais, continuando a ser prioritário a manutenção do nível científico, com eventuais concessões para o local ou programa social.
b) Incluir em cada reunião uma revisão vs estado da arte de um grande tema na área das cefaleias.
c) Divulgar os prémios e bolsas de Cefaleias e incentivar a sua participação.
d) Fazer auto-avaliação das reuniões da SPC de forma a optimizar a sua qualidade e medir a satisfação com as alterações implementadas.

3. Relações com sociedades científico-profissionais, instituições e associações nacionais e internacionais
a) Promover as relações institucionais e eventuais reuniões conjuntas com outras sociedades científicas nacionais, como a Sociedade Portuguesa de Neurologia, mas não descurando outras como a Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral.
b) Tentar participar na campanha global “Lifting the Burden”

4. Página da internet
a) Actualizar e aumentar o dinamismo da nossa página, implementando uma área reservada a médicos e mantendo o acesso ao público em geral.
b) Criar uma secção tipo “journal club”, actualizada mensalmente.

5. Ligação à comunidade
Prestar ao público informação sobre cefaleias, nomeadamente através da nossa página na internet.